AD Belém SP Notícias

AD Belém vive novo tempo em missões

Missão! Esse foi o motivo que reuniu aproximadamente mil pessoas no templo-sede da Assembleia de Deus Ministério do Belém em São Paulo no último sábado, 18 de maio.

O frio não inibiu as pessoas de se deslocaram de vários bairros da região metropolitana de São Paulo e até do interior do Estado. O Ministério do Belém realizou o Culto de Missões e usou alguns recursos para conscientizar seus membros a promoverem a obra missionária, tais como mesas temáticas, testemunhos de missionários por vídeo e peça teatral. O presidente da CONFRADESP, pastor José Wellington Bezerra da Costa, foi o dirigente e o mensageiro do culto.

O Culto de Missões aconteceu 47 dias após a realização da Conferência de Evangelismo e Discipulado para 1.500 inscritos. A boa presença no culto do dia 18 foi um termômetro de que é chegado um novo tempo em missões para o Ministério do Belém.

Obreiros do ministério do Belém. No centro, Pastor José Wellington B. Costa

A Comissão de Planos e Estratégias de Evangelismo e Discipulado/CGADB, na pessoa do coordenador regional, pastor José Domingos Netto, e o órgão Ceifeiros em Chamas, de conscientização missionária/CONFRADESP, dirigido pelo pastor Wellington Costa Junior, presidente da CGADB, e auxiliado pelo Pr. Antonio Mardonio Nogueira Vieira, organizaram o primeiro culto de Missão da AD Belém.

Os organizadores utilizaram recursos audiovisuais e teatrais para levar aos membros e convidados presentes informações do campo missionário. Vídeos da missionária Kelen Gaspar, do Projeto Campos Brancos, Maracanã/PA; do Projeto Almas para Deus, missionários Edcarlos e Kaliane Maforter, São Paulo/SP; Projeto Lghthouse África Mission, missionários Felipe, Sinara e Sarah, foram exibidos. Além dos vídeos, a missionária Gisnai Lucio também testificou pessoalmente de suas experiências na obra missionária.

O Departamento Ceifeiros em Chamas apresentou a peça teatral O Missionário executada por sua equipe GIM (Grupo de Integração Missionária). Os atores encenaram a peça que narra o chamado de um jovem obreiro para o campo missionário e os desafios que permeiam a sua decisão, bem como as objeções da família, dos amigos e até mesmo de sua igreja local. A apresentação durou 17 minutos. Outro vídeo que muito comoveu a igreja foi o que mostrou detalhes do ciclone que atingiu Moçambique e o Malaui. No vídeo, a irmã Joane Bentes, a Tia Jô, contou um pouco das agruras que os irmãos moçambicanos estão passando. Ao término do vídeo, o Pr. Wellington falou sobre a campanha que a SENAMI está promovendo para socorrer os irmãos africanos.

Além de toda informação que foi veiculada durante o culto, a organização providenciou duas mesas temáticas na entrada do templo. Uma delas abordou o tema Islamismo. O presbítero Marcelo Fackouri estava presente, dando informações sobre a religião muçulmana. Sua mesa dispunha de apostilas sobre o tema e do livro Segredos do Alcorão, para quem desejasse se aprofundar no assunto. A segunda mesa oferecia informações sobre missões no Nordeste brasileiro. O casal Edcarlos e Kaliane Maforte, membros da AD Belém, Setor 06, Indianópolis, São Paulo/SP, explicaram como se processa o Projeto Almas Para Deus.

O Culto de Missões na AD Belém recebeu algumas crianças que tiveram um ensinamento à parte. Enquanto os adultos recebiam toda a informação citada acima, os pequenos aprenderam sobre: Missão, sua importância e urgência. As “tias” Sandra e Lindaci ensinaram as múltiplas formas de como cada crente pode contribuir com a obra missionária e relatou a história missionária do menino indiano Abubaquer.

O presidente do Ministério do Belém, pastor José Wellington, destacou o grande número de pessoas vocacionadas que foram à frente no fim do culto para receber a oração feita por ele. “Todo o trabalho da igreja é especial e de muito valor; mas, para mim, evangelização e missão são prioridades na obra do Senhor. E este culto foi bonito; os irmãos vieram e estou muito feliz pelo grande número dos que se manifestaram como vocacionados e chamados para o trabalho de evangelização e missão. E estamos aqui orando e dispostos a ajudá-los, pois esta é a nossa missão. Estou feliz e certamente iremos repetir este culto outras vezes”, disse o presidente.

O pastor André Antônio, líder de missões da AD Belém, Setor 04, Santana, São Paulo/SP, disse que este culto faltava na agenda da igreja-sede. “Um culto que precisava entrar na agenda da igreja, para poder mobilizar missões no Ministério do Belém. Fica a expectativa de que se este primeiro culto foi muito bom, os próximos serão melhores, pois todo o projeto humano pode ser melhorado. Quero destacar o chamado que o pastor fez e aquele grande número de pessoas que veio à frente. Isso significa que há muitos vocacionados; tem muito a ser feito pelas nações”.

O coordenador regional do CPEED, Pr. Domingos Netto, declarou: “Que momento impactante; sinto-me muito feliz por aquilo que Deus tem realizado; é um projeto missionário muito grande que está se expandindo. Recebemos pessoas de muitos lugares: da capital, do interior, da igreja hispana, na pessoa do pastor André Antônio, e tivemos a presença dos pastores da Bolívia e da Colômbia; foi realmente uma benção”.

Erivaldo Leal de Carvalho, diretor executivo da URGEM – Urgência  Missionária, Setor 05, Osasco/SP, destacou que o Ministério do Belém vive uma nova história em missões. “Estou com meu coração muito feliz; foi uma grande surpresa para nós sabermos que o pastor José Wellington determinou alguns trabalhos voltados para missões, evangelismo e discipulado para o ano de 2019. O público surpreendeu-me e percebi que os irmãos da capital e região metropolitana já abraçaram esta causa. É o começo de uma nova história para nossa igreja em São Paulo. Ela ama a obra missionária. Esse culto só vem agregar valor para o nosso órgão Ceifeiros em Chamas e para nossa Secretaria de Missões do Belém. Estou muito feliz, convicto e animado para o próximo trabalho que será no dia 17 de agosto”.

Ceifeiros

Órgão de conscientização missionária e de comunicação da Confradesp.