AD Belém SP Missões

AD em Mogi-Guaçú realiza 1ª Conferência Missionária e adota a Missão IDE 

Equipe do Ceifeiros em Chamas esteve presente no evento durante os três dias de festa 

Desde que o Campo da Assembleia de Deus de Mogi-Guaçú foi emancipado em 12 de janeiro de 2007 (ele pertencia a Mogi-Mirim), havia nos corações, o desejo de realizar uma Conferência Missionária que atingisse a cidade toda. Isso tornou-se realidade nos dias 22, 23 e 24 de julho, ocasião que o anfitrião, Pr. Simeão Êxodo, presidente do Campo, juntamente com sua esposa, Carina, e na direção da SEMADB (Secretaria de Missões da Assembleia de Deus Ministério do Belém em Mogi-Guaçú-SP), coordenada pelo Pr. João Ferreira e do evangelista Paulinho Pentecostes, que contou também com a participação do Ceifeiros em Chamas e de seu projeto Missão IDE, estruturado no tripé: Preparação, Ação e Consolidação Total (PACTO), para que a igreja fosse conscientizada no que tange a Evangelismo e Missões. Os representantes do Ceifeiros foram o cooperador Geisel de Paula e o pastor Antonio Mardonio (vice-diretor do órgão), que foram acompanhados de suas esposas, a irmã Patrícia Paula e a irmã Cleonice Vieira, respectivamente.  

Depois de meses de preparo, os trabalhos deram início na sexta-feira a noite (22), com a entrada de bandeiras de diversos estados da federação e de alguns países que sofrem perseguição religiosa no anúncio do Evangelho de Cristo. Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, o pastor Êxodo declarou aberta a 1ª Conferência Missionária na AD em Mogi-Guaçú. Nos três dias de culto, o evento  teve a colaboração dos departamentos da igreja, como o Círculo de Oração, a Juventude, o Grupo de Varões, a Orquestra e um Coral Missionário da congregação de Santa Marta, com os componentes trajados com vestes típicas de cada país/estado. A primeira noite, o preletor foi o cooperador Geisel de Paula (AD Guarulhos), que ministrou sob o tema “Quem é Jesus para você”? – baseado em Mt.16:13-18. No segundo dia (sábado), a juventude do Campo fez um evangelismo em massa no centro da cidade com o auxílio de faixas, camisetas, cartazes e balões para anunciar o Evangelho. À noite, o culto contou com a participação dos obreiros do Campo, de outras regiões, do cantor Marcos Silva e o missionário Ezequiel. A Palavra da noite ficou novamente com o cooperador Geisel, que ministrou sob o tema “Missão dada é Missão cumprida”, baseada em Jo.4:4.  

Pr. Simeão Êxodo, presidente do Campo

No último dia da Conferência, no domingo pela manhã, o evento contou com a participação da banda de Itapira, que chegou acompanhada de seu pastor, Antonio Orcini. O grupo de crianças do campo de Guaçú apresentou uma canção missionária com uma pequena representação vestidas à caráter. A Palavra de Deus ficou no encargo do pastor Antonio Mardonio Nogueira Vieira, que foi o primeiro pastor do Campo após a emancipação. Ele contou como se deu o início difícil dessa obra e pregou sob o tema “A década terminou, mas a colheita continua”, baseado em Jo.4:35-38. Ele também enfatizou o ide de Jesus, e a importância da preparação do crente, da integração do novo convertido à igreja, e o discipulado e acompanhamento da vida do novo convertido até o batismo em águas. Após a cerimônia da saída das bandeiras, o pastor Êxodo agradeceu a todos os presentes e abençoou a igreja com uma oração. Logo depois, foi disponibilizada uma feijoada missionária, onde a renda foi destinada a ajudar os oitos missionários nacionais e transculturais que a igreja de Mogi-Guaçú ajuda parcialmente, além do cofrinho missionário, onde cada crente contribui com moedas. O desejo da liderança, é poder sustentar um missionário de forma integral no exterior. Essa Conferência foi apenas o primeiro passo de muitos que virão.  

O pastor Êxodo assim resumiu o trabalho: “Primeiramente quero exaltar a Deus e agradecer tudo o quanto ele já fez. Tivemos o privilégio de celebrar a 1ª Conferência Missionária do Campo, onde contamos com a presença do nosso Ceifeiros em Chamas da nossa sede em São Paulo, o amigo e irmão Geisel, que muito nos alegrou trazendo a Palavra na sexta e no sábado; sua esposa, irmã Patrícia; e no domingo tivemos a honra de receber o pastor Antonio Mardonio, um dos diretores do Ceifeiros, e sua esposa, irmã Cleonice. As mensagens foram de incentivo, conscientização e despertou os crentes de Mogi-Guaçú a fazer missão continuamente, nos motivou a realizar missões de uma forma mais contundente. Nosso objetivo é investir cada vez mais em Missões, ganhar almas para Jesus e prepara-las para descer as águas batismais, integrando cada uma delas no corpo de Cristo. Eu aconselho a todos os campos do interior, convidar o nosso Ceifeiros para a realização de um evento assim em sua cidade. Que Deus possa abençoar esse órgão, os seus projetos e o meu muito obrigado a todos. Vamos continuar firmes no propósito de fazermos Missões até que Jesus venha”.  

O Pastor João Ferreira, secretário de Missões do Campo, concluiu: “Tivemos uma Conferência Missionária maravilhosa com a participação do Ceifeiros em Chamas que nos ministraram a poderosa mensagem da Palavra de Deus nos três dias. Foi uma benção! Creio que o resultado será um grande despertamento e uma conscientização maior para Missões. A SEMADB agradece a equipe do Ceifeiros que muito contribuiu para a nossa experiência missionária”.  

Geisel de Paula

Geisel de Paula é repórter do site e jornal Ceifeiros em Chamas, bacharel em teologia pela Faesp.