AD Belém SP Missões Notícias

Coréia do Norte reconhece pela primeira vez surto de COVID

Norte-coreanos estão mais vulneráveis ao vírus devido à falta de vacinas, apontam analistas

País mais fechado do mundo passa do primeiro caso confirmado a um milhão com ‘febre’ em menos de uma semana

Analistas apontam que norte-coreanos estão mais vulneráveis ao vírus devido à falta de vacinas e à precariedade do sistema de saúde – Fonte: BBC

            Dois anos após a primeira onda de COVID-19, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, assumiu o primeiro caso da variante Ômicron na capital, Pyongyang. Mais de um milhão de pessoas adoeceram, mas o governo tem chamado a doença apenas de “febre”, segundo a imprensa estatal. Cerca de 50 pessoas morreram, mas não está claro quantas dessas pessoas testaram positivo para COVID-19. A Coreia do Norte não possui muitos testes de covid e, por isso, há poucos casos confirmados.

Analistas apontam que norte-coreanos estão mais vulneráveis ao vírus devido à falta de vacinas (nenhum cidadão foi vacinado ainda) e à precariedade do sistema de saúde. Um lockdown nacional está em vigor no país. A imprensa estatal disse que Kim Jong-un liderou uma reunião de emergência no fim de semana, na qual acusou autoridades de saúde de atrapalhar a distribuição das reservas nacionais de medicamentos, típico de um país com governo autoritário.

            Desde o final de 2019, a COVID-19 se tornou um obstáculo, pois aumentou a rigidez no país. Ainda assim, Deus tem sido fiel em guiar os projetos dos cristãos norte-coreanos no caminho e tempo certo. Uma fonte afirmou que “a pandemia do coronavírus e outros desastres naturais que aconteceram nesse período dificultaram a situação, mas o Senhor nos manteve unidos, como um só corpo, compartilhando a fé em Jesus. Nós andamos como o peregrino que confia e segue o Senhor”.

O isolamento regional abalou a economia, aumentando os preços dos produtos e alimentos diariamente. O governo estreitou o controle social e está observando todas as atividades suspeitas, encontros, viagens e porte de qualquer item estranho. Sejamos um só coração em oração pela igreja secreta na Coreia do Norte, como membros do mesmo corpo. 

Pedidos de oração

Interceda pelos ministérios e projetos da igreja secreta na Coreia do Norte para que Deus proteja e conduza.

Ore para que o Senhor mantenha os irmãos fortes durante a pandemia e cuide de todas as necessidades físicas e espirituais deles.

Peça que a situação política e da saúde se equilibrem em breve na Coreia do Norte e em outros países que vivem desafios parecidos.               

Fonte:

Portas abertas

https://www.portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/coreia-do-norte-reconhece-caso-de-covid-pela-primeira-vez

BBC

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-61463284

Ceifeiros

Órgão de conscientização missionária e de comunicação da Confradesp.