Contos Missionários

Resiliência, heroísmo e fé no Líbano

Estúdio da SAT7 em Beirute, Líbano

Enquanto a poeira da explosão que assolou Beirute abaixa, histórias de resiliência, heroísmo e fé fluem da cidade. No programa You Are Not Alone (Você Não Está Sozinho) do canal SAT-7 Árabe, parte da campanha #ForBeirut do canal, os espectadores ouviram a “senhora do piano” Mai Melki que tocou em meio ao caos, uma enfermeira que salva vidas e um homem em luto que se apega à fé em Jesus.

Enquanto as casas estavam em escombros e a fumaça enchia o ar em 4 de agosto, a melodia clássica “Auld Lang Syne” podia ser ouvida subindo de um prédio afetado pela explosão. Mai Melki, de 79 anos, atravessou o chão de seu apartamento cheio de destroços, levantou a tampa do piano e começou a tocar. Enquanto ela tocava, orava.

“Comecei a música e disse: ‘Obrigado, Deus. Você é o Deus do universo. Você sabe tudo. Você vê quem está em necessidade. ‘Foi uma comunicação entre eu e a música, Deus e as pessoas”, disse ela em sua entrevista no programa You Are Not Alone. Enquanto tocava, ela dizia que orou pelos feridos e pelos que não tinham ninguém para cuidar deles.

Desde então, o vídeo de Melki foi amplamente compartilhado nas redes sociais e incentivou a muitos. Mai Melki é a mãe de Camille Melki, fundadora e Diretora Executiva da organização não governamental e parceira da SAT-7, Heart for Lebanon (Coração para o Líbano).

Prefeitura de Tel Aviv, em Israel, iluminada com as cores da bandeira do Líbano

Sem medo no trabalho

O programa You Are Not Alone também conversou com Pamela Zeinoun, enfermeira do Centro Médico da Universidade do Hospital Sto George, que passou horas resgatando três bebês da unidade de terapia intensiva neonatal após a explosão.

Apesar da destruição e morte ao seu redor, Pamela pegou os bebês enquanto o pai ergueu as prateleiras de metal que os prendiam, cavou seu caminho para fora das saídas de emergência, carregou-os quatro andares abaixo em meio a escombros e caminhou cinco quilômetros antes de encontrar ajuda.

“Depois da explosão, tudo ficou caótico”, diz ela. “O departamento estava tão irreconhecível que não consegui encontrar o caminho de volta de onde fui jogada. Desci carregando as crianças, apenas para encontrar uma cena chocante de pacientes e enfermeiras espalhados no chão, cobertos de sangue, e outros correndo freneticamente por toda parte. Felizmente, encontrei um médico do nosso hospital que me ajudou a carregar as crianças e a encontrar um hospital para cuidar delas”, diz ela.

“Essas crianças eram minha responsabilidade. Eles precisavam de mim. As crianças não podiam escapar disso. Eu não fiz nada heroico. Esta é minha responsabilidade e dever: proteger as crianças”, continua Zeinoun.

Fé em Cristo em meio ao caos

Também está no programa Roni Nahra, que perdeu seu primo Shady, de 36 anos, depois que o prédio em que ele estava desabou. Em sua entrevista, Roni declara sua fé em Deus, apesar da dor da perda que está sentindo.

“A primeira coisa que me veio à mente foi ‘por quê?’ Meu primo era um homem forte e eu esperava que ele sobrevivesse, mas depois de 24 horas sob os destroços, ele morreu. Fico consolado quando me lembro que ele está com Jesus. Ele morreu em Cristo e será ressuscitado em Cristo. Este é o único consolo que tenho, que um dia o encontrarei; mas a dor da separação de um ente querido é enorme”, ele compartilha.

Roni deu uma mensagem encorajando todos a se apegarem a Deus. “Se não vivermos todos os dias com Jesus e passarmos tempo com Ele, não seremos capazes de enfrentar as circunstâncias atuais ou futuras. A oração é como o pão, precisamos tê-lo diariamente. Se eu não passar tempo com Ele diariamente, não serei capaz de permanecer firme.”

You are Not Alone é um programa do estúdio da SAT-7 no Líbano que começou a ser transmitido durante a pandemia do coronavírus. Tem sido a voz de muitos membros marginalizados e sem privilégios da sociedade árabe e continuará nas próximas semanas a caminhar ao lado dos telespectadores no Líbano.

Ceifeiros

Ceifeiros

Órgão de conscientização missionária e de comunicação da Confradesp.